DPrev Todo Dia

O QUE VOCÊ NÃO SABE SOBRE: VITAMINA D E O CÁLCIO

14 de maio de 2020

A vitamina D é muito conhecida pelos benefícios que traz a saúde. São milhares de estudos que descrevem seu poder de auxiliar no funcionamento dos sistemas imunológico e nervoso, melhorar a função pulmonar e cardiovascular, ajudar na prevenção de alguns tipos de câncer, melhorar a fertilidade das mulheres e a absorção de nutrientes dos bebês durante a gestação, além de ajudar a equilibrar os níveis de insulina. 

 

Mas a sua função mais conhecida e reconhecida é no fortalecimento dos ossos, por ser um elemento auxiliar na absorção de Cálcio. Você sabia que esses dois elementos no organismo estão diretamente relacionadas? Vamos explicar tudo para você agora.  

 

O que é o cálcio? 

 

O cálcio é um mineral essencial para o corpo humano. Ele está envolvido em vários

processos metabólicos e funcionais como coagulação sanguínea, transmissão dos impulsos nervosos, contração muscular, incluindo o músculo cardíaco e ativação enzimática. Porém, sua função mais conhecida está relacionada à mineralização dos ossos e dos dentes.   

 

As principais fontes de cálcio são os leites e derivados que representam cerca 90% do cálcio ingerido e o resto tem origem nos peixes, vegetais, sementes e grãos, por exemplo sardinha, brócolis, espinafre, grão-de-bico, aveia, linhaça e semente de gergelim. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a ingestão diária necessária desse mineral depende da faixa etária, mas um adulto deve consumir em média 1000 mg (gestantes deveriam ingerir 1200 mg).

 

O Cálcio, devido a sua importância na fisiologia, assume um papel vital para manter o organismo funcionando, dessa forma denominamos de “fator intensivo” que por sua vez, sua concentração no sangue deve ser mantido a todo custo e sua reserva no osso. No caso da não ingestão em doses ideais, ele é retirado do osso, podendo comprometer esse importante tecido provocando a osteopenia e osteoporose. Resumindo, o Cálcio é de importância vital para o paciente junto com a vitamina D.

 

 

Como a vitamina D ajuda no cálcio?

 

Na verdade, a vitamina D é indispensável no processo de absorção do Cálcio que sozinho não consegue chegar ao sangue, sendo eliminado pelas fezes. A vitamina D, junto a outras importantes substâncias colaboram para que o cálcio que se encontra no sangue se fixe no osso, fazendo parte do que denominamos de metabolismo ósseo.

 

Pessoas do grupo de risco ou com hipovitaminose aproveitam 30% a menos de cálcio que vem dos alimentos do que quem está com as taxas nos níveis recomendados.  

 

De acordo com um estudo feito pela Universidade de Zurique com cerca de 40 mil pessoas acima de 65 anos, a suplementação de vitamina D diminuiu em 20% o risco de fraturas no quadril e em outras regiões do corpo [1]. Isso sugere que de fato manter o nível de colecalciferol em dia ajuda a manter os ossos mais rígidos.  

 

A importância dessa combinação é tão grande que a suplementação do cálcio sempre é feita juntamente com a da vitamina D. Isso acontece com o intuito do mineral ser disponibilizado os ossos de maneira efetiva.

 

Geralmente, quem precisa desse tipo de suplementação conjunta são mulheres na pós-menopausa, idosos ou pessoas fora desses grupos que estejam com deficiência do mineral nos ossos. Por isso, é sempre importante manter os níveis adequados de vitaminas e minerais;  principalmente, se fizer parte do grupo de risco.   Em casos de doenças como a osteopenia e até mesmo a osteoporose, o tratamento envolve não só praticar atividade física e uma dieta rica em alimentos com cálcio, como também a exposição diária em 15 e 30 minutos no horário de pico com o mínimo de barreira física possível para aumentar a síntese de colecalciferol pelo corpo.  

 

Agora que você já está mais por dentro da importância tanto da vitamina D como do cálcio, procure seu médico de confiança para tirar qualquer dúvida restante e saber qual pode ser um tratamento adequado para você.  

 

 

 

Referências

 

  1. Bischoff-Ferrari, H. A., Willett, W. C., Wong, J. B., Stuck, A. E., Staehelin, H. B., Orav, E. J., Henschkowski, J. (2009). Prevention of Nonvertebral Fractures With Oral Vitamin D and Dose Dependency. Archives of Internal Medicine, 169(6), 551.

Compartilhe nas redes sociais

Facebook